Fale Conosco Resultados de Exames

Exames de Imagem

Ressonância magnética

A ressonância magnética é um exame que retrata imagens em alta definição dos órgãos por meio da utilização de campo magnético. O seu funcionamento é diferente do de uma radiografia ou tomografia, por exemplo, já que esses outros funcionam através da emissão de radiação ionizante.

O procedimento é absolutamente indolor e o paciente não sente qualquer tipo de desconforto físico, apenas o que pode ser causado pela sensação de ficar dentro do aparelho durante o tempo do exame. O exame é feito no interior de um tubo circundado por um grande imã, no qual é produzido um potente campo magnético.

Exames:
- Exames Gerais (Crânio, Ombro, Joelho, Colunas);
- Angiorressonância;
- Artrorressonância;
- Colangiorressonância;
- Enterorressonância;
- RM Funcional do crânio (difusão, perfusão, espectroscopia de prótons);

Tomografia computadorizada

A tomografia computadorizada é um exame não invasivo baseado nos mesmos princípios técnicos e sendo uma evolução técnica da radiografia digital. É muito utilizado para o estudo dos tecidos moles e ósseo do corpo. O tomógrafo computadorizado obtém imagens em tons de cinza de várias secções (fatias) da região estudada, criando com maior nitidez uma imagem multiplanar e 3D.

Exames de tomografia computadorizada:
- Abdômen, bacia, quadril e da pelve.
- Aorta e das artérias renais.
- Membros inferiores, pé, perna, joelho, tornozelo e coxa.
- Articulação sacroilíaca.
- Articulações temporomandibulares (ATM).
- Ombro, braço, cotovelo, antebraço, punho e mão.
- Coluna cervical, dorsal, lombar e sacrococcígea.
- Mastóides.
- Seios da face.
- Crânio e sela túrcica.
- Tórax.
- Estudo vascular (angiotomografia – crânio, carótidas, vertebrais, tórax, abdômen e pelve).
Entre outros.

Raio-X digital

Nas radiografias digitais, as imagens são obtidas por aparelhos de raio X que, em vez de utilizar filmes radiográficos, possuem uma placa de circuitos sensíveis aos raios, que geram uma imagem digital e as enviam diretamente para o computador.

Os sistemas de radiografias digitais oferecem a possibilidade de obtenção de imagens com exigências de exposição à radiação muito menos rigorosas do que os sistemas analógicos (raio x comum).

Densitometria óssea

A densitometria óssea é o exame ideal para o diagnóstico da osteoporose e osteopenia, já que sua função é detectar a redução da massa óssea de maneira precoce e precisa. É o método mais utilizado para avaliar a densidade mineral dos ossos. A densitometria óssea avalia a coluna lombar, a região proximal do fêmur e o terço distal do rádio. Isso porque essas áreas são as que mais estão sujeitas a fraturas. Esse método utiliza aparelhos sofisticados e que apresentam duas vantagens importantes: são rápidos e produzem uma baixa exposição à radiação até dez vezes menor que a gerada por uma radiografia normal. A densitometria óssea é um teste rápido, dura cerca de cinco minutos.
O exame de densitometria óssea é indicado para mulheres acima de 65 anos e homens acima de 70 anos.

Ecocardiograma

A ecocardiografia ou ecocardiograma bidimensional com doppler é um exame de ultrassom no qual as imagens do coração captadas por um transdutor colocado sobre o tórax do paciente são transmitidas para um monitor.
É um método diagnóstico muito utilizado em cardiologia para a detecção de alterações estruturais e/ou funcionais do coração.

Ultrassonografia

O método de ultrassonografia 3D (três dimensões) é uma inovação do método 2D, pois transforma as imagens convencionais em tridimensionais, permitindo que a mamãe consiga ter uma visão mais realista de seu bebê. Já se prevê que, no futuro, aparelhos muito mais complexos permitirão à mãe ter uma visão bem mais realista. A ultrassonografia 3D/4D pode ser realizada em qualquer fase da gestação, entretanto, é importante informar que, dependendo da idade gestacional, as imagens tendem a ser diferentes.

Mamografia Digital

A mamografia digital é um exame de raio-X, da mesma forma que a mamografia convencional, mas que permite uma visualização mais detalhada e melhor da mama em menos tempo de exposição à radiação, tornando-se, portanto, o principal exame para rastreamento do câncer de mama.

A queixa da maioria das mulheres é que a mamografia digital dói. No entanto, quando a mamografia é realizada uma semana após a menstruação, causa menos dor que em outras épocas do mês, devido às alterações hormonais.

Punções / biópsias

Procedimento guiado por ultrassonografia que, de maneira pouco invasiva, possibilita a coleta de material para análise anatomopatológica, ou seja, avaliação macro e microscópica de células e tecidos de biópsia.

É considerado, por sua vez, um exame minimamente invasivo e permite a programação da cirurgia mais adequada, quando necessária.

Videoendoscopia

Geralmente esse procedimento é usado para detectar doenças no aparelho digestivo e outros processos inflamatórios, além de avaliar a eficácia de tratamentos. É simples e bastante seguro, pois gera imagens de alta resolução.

É um exame muito sensível, permitindo ao médico visualizar a maioria das anormalidades. Além do diagnóstico, procedimentos terapêuticos podem ser realizados durante o exame. Se necessário, pequenas amostras de tecido, biópsias, podem ser colhidas de modo indolor para análise microscópica.